Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Lincoln - Filme 2012

Abaixo nos comentários constarão as conclusões dos alunos do 1ºALOG sobre o filme. Elas serão avaliadas na medida que postadas.

18 comentários:

Kelly Assis disse...

Gostei do filme, mais ainda ficou faltando terminar ele,
um filme bem interessante tenho em mente que o filme tem como objetivo é mostrar um líder humano que erra, acerta, cheio de duvidas e incertezas.

Felipe Scaglione disse...

O Filme tem seu início no ano de 1865 , no começo do segundo ano de mandato do Presidente Abraham Lincoln que foi o 16º presidente dos Estados Unidos eleito pela primeira vez no ano de 1861.
As primeiras cenas se passam, durante a guerra civil americana que teve início no primeiro mandato de Lincoln , a qual tinha interesse de cessar com foco na abolição da escravatura ,para que assim obtivesse sucesso essa mudança seria feita através da aprovação na câmara dos deputados dos Estados Unidos da 13ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos.
O filme mostra que Lincoln se dedicava tanto pelos seus semelhantes que em sua luta diária acabava abrindo mão de momentos com sua família, durante este mesmo tempo, Lincoln deve lidar com conflitos familiares e com objeções de sua esposa .
Lincoln se mostra um homem simples e respeitado por todos e muito a frente de seu tempo, pois não só queria a paz como também a igualdade entre todos os povos, um homem íntegro, ético e que de repente se vê rodeado por uma equipe que vai contra tudo aquilo que ele acredita, quebrando sua confiança e indo em busca de compra de votos.
Assim como Lincoln, seu filho mais velho Robert , tem sede por justiça, ficando horrorizado com os resultado das mortes e estragos causados pela guerra, chegando ao ponto de desafiar seu pai e presidente, para que assim pudesse se alistar, indo contra a vontade de seus pais.
Lincoln teve um grande aliado em sua luta contra a escravidão, Thaddeus Stevens do partido republicano e líder da câmara que em sua vida tinha uma companheira afro descendente, e com isso um forte motivo para lutar por esta causa, pois vivenciava todos os dias os horrores do preconceito e aguardava o dia que fosse possível assumir sua companheira sem olhares acusadores de toda uma população.
Em muitos momentos é questionado sobre a total igualdade entre as raças porém é enfatizado que haja a igualdade racial perante a lei,e isso fica bem claro em uma cena em que Thadeeus Stevens rebata a todos com um discurso emocionante onde ele diz que prefere ser comparado a um negro do que a uma pessoa branca sem escrúpulos , momento no qual é observado por sua amada , aplaudido e ovacionado por todos.
A 13° Emenda foi colocada em votação onde muitos membros mesmo contrariados , subjugados ou ameaçados vêem a vantagem da mudança , optando pelo voto positivo e causando desordem á votação já combinada anteriormente que resultou na inclusão da 13° Emenda e da tão esperada abolição da escravatura.
Passado algum tempo e após uma reunião com seu gabinete Lincoln é lembrando por um de seus funcionários que sua esposa o aguardava para ir ao Teatro,num tom de despedida ele diz que tem que ir embora gostaria de ficar , lá é surpreendido e morto provavelmente por algum membro contrário a suas idéias .
Ficando apenas sua mensagem em forma de discurso.

O filme passa a mensagem de um líder e da sua busca e perseverança em algo que acredita e o quanto é importante manter-se firme ,ético e confiante para alcanças sua metas por mais que tudo e todos se mostrem contrários.

É um filme indicado para todos que gostam ou tem interesses políticos, que tem curiosidade de conhecer um pouco mais sobre a história de um dos lideres mais influente de todos os tempos e ainda para aqueles que querem entender e com mais clareza sobre a história Constitucional do País mais importantes do mundo.

Para concluirmos podemos dizer que para alcançar alguns objetivos é necessário muitas vezes abrir mão de coisas no qual achamos importante e fazer alguns sacrifícios em prol de um bem maior.

Felipe Klein Scaglione n° 18
Leticia Saline Scaglione n° 31
1° Log A

Anônimo disse...

Aluna: Lucinéia da Luz Oliveira nº 32 1º log
Lincoln
Lincoln era um presidente simplório, que não se preocupava com luxos,que vivia com conflitos com sua esposa, a esposa achava que ele já não se importava mais com ela, que só servia para ouvir seus desabafos, estava em seu segundo mandato, mas há uma guerra que começou em seu primeiro mandato. Um presidente republicano que estava tendo noção que a união dos confederados, já estavam praticamente derrotados, estavam prontos para assinar o tratado de paz. Eles queriam o fim das guerras sangrentas.
As coisas ficaram complicadas quando o presidente percebeu que com o fim da guerra, seria também o fim de seu projeto politico principal, o de acabar com a escravatura do país. Ele entende que a que as proclamação da emancipação dos escravos , só seria levada a serio pelos estados confederados por causa da guerra. Ao assinar o tratado para a paz , os estados de oposição a abolição poderiam voltar a explorar a escravatura, pois ele não possuía nenhum papel jurídico para fazer eles aceitar a emancipação dos negros. Sua unica saída é aprovar uma emenda constitucional, antes da declaração do fim da guerra civil.
São necessário os votos de dois terços dos parlamentares para aprovar o novo projeto, apesar de Lincoln ter a maioria no congresso, faltam 20 votos para aprovar a emenda até o fim de janeiro de 1865, antes do final, é preciso conseguir estes votos dentro da oposição .
O presidente, gosta de conversar com seus soldados, e com os funcionários, sempre contando historias engraçadas e agindo sempre depois de ouvir todos os lados, acima de tudo tentando resolver os conflitos de dentro de casa com a esposa e seus filhos.
É um filme que mostra a história de um grande presidente americano, com seus problemas, enfim um presidente bem humano que pensou nas pessoas mais rejeitadas do país, e que passou por cima de muitas coisas para conseguir suas metas.

Critica: É um filme muito bom por contar uma historia tão importante que foi a Abolição da escravatura, mas muito difícil de entender talvez por ser baseado em fatos reais e também por não ser de nosso pais.

Indicado: para pessoas preconceituosas, pessoas que só porque tem a cor da pele diferente acham que são melhores que as outras, porque com esse filme vão ver que a humildade vale pra todos, independente de classe social.

Anônimo disse...

Lincoln é um filme autobiográfico que retrata os últimos meses de vida do presidente Lincoln, esse filme se baseia no anseio de aprovar a 13ª emenda que trata da abolição da escravatura nos Estados Unidos da América, o ponto central do filme é a política e seus acordos e como pano de fundo, temos a guerra civil entre o norte abolicionista e o sul escravagista. Lincoln era um presidente amado por seu povo e seu ideal abolicionista marcou os seus últimos meses de vida. Em busca desta vitoria na câmara o presidente não mediu esforços desde adiar um tratado de paz entre o norte e o sul até oferecendo cargos em seu novo mandado para os deputados que o ajudassem a aprovar a 13ª emenda.
O filme é muito bom apesar de se ater apenas aos últimos meses de vida do presidente, para mim se tornou um filme mais pensante pois retrata mais o modo de pensar e agir do presidente , acho que poderia ser um filme com mais ação, prendendo mais a atenção de quem o assiste, mas no geral é um filme muito bom . Daniel Day-Lewis no papel do presidente dos Estados Unidos Abraham Lincoln se superou tanto na forma de falar como de gesticular incorporou o papel brilhantemente,
Tommy Lee Jones como Congressista Thaddeus Stevens do partido republicano mostrou as facetas de um verdadeiro político a ponto de para conseguir o que quer mudar até mesmo seu discurso sobre igualdade racial por um com um tom mais brando sobre igualdade perante a lei.
Conclui-se que esse filme apesar de ser retratado em meados de 1865 é muito atual mostrando os bastidores da política e seus acordos e alianças, para se aprovar uma emenda, “os fins justificam os meios”, “na política vale tudo”, são frases que mostram realmente como a política em qualquer época usa de todas as formas para se alcançar o que quer o mundo político as armas são as mesmas em qualquer momento da história. Neste filme o jogo político é evidente, mostrando que para a aprovação da 13ª emenda deixar a paz de lado é apenas uma manobra, Lincoln dificulta no máximo a chegada da comissão pela paz até que a emenda seja votada e depois alem da aprovação da emenda ainda leva como bônus a rendição dos rebeldes.
Nome: Diana Arantes nº 10 / Aline Lima nº 02 1º log A

Anônimo disse...

Elcio Sidnei Bonatto nº14 Turma - 1ºALOG


O Presidente Abraham Lincoln gosta tanto de ouvir histórias como contar histórias, já no começo do filme ele escuta soldados negros e brancos dando a impressão que fala apenas com soldados sem destinção racial. Lincoln conversa com sua mulher ela entende que ele pretende aprovar a 13ª emenda para abolir a escravidão, mas não será fácil convencer 20 democratas. Logo é mostrado no filme que para tomar decisões é preciso entender as leis ver oque ela diz para se tomar uma decisão, a guerra na verdade é entre republicanos e democratas uma guerra de interesses, Lincoln busca uma coisa simples a abolição dos escravos num país dividido metade livre metade escrava, em uma de suas histórias se percebe que no passado ele foi advogado dai o por que de entender a lei para tomar decisões, os escravos estão emancipados (livres) mas terminando a guerra ai a coisa muda por isso a urgência da 13ª emenda ser aprovada para todos os negros serem livres, o povo quando elege um representante ele elege a si mesmo e Lincoln quer dar o povo o seus próprios anseios solucionados esse é o papel de alguém eleito para o povo representar o povo, porém a política é sempre política e coisas daquela época como suborno hoje em dia ainda estão em vigor. O debate de 9 de janeiro, como o homem branco poder achar que Deus cria outros homens inferiores só pela suar cor, o que se percebe é que o homem branco também tem falhas como os negros logo são iguais é isso que o Presidente busca igualdade mesmo havendo falhas somos todos falhos imperfeitos perante a perfeição Dívina, escravidão é a única afronta a lei natural como mesmo diz uns dos personagens do filme, negociar a emenda, paz sem emenda não é paz, política é um jogo de influência que é bem jogado por Lincoln para ter votos a favor republicanos conservadores podem se voltar contra a emenda, os brancos não querem compartilhar a riqueza do país com os negros ai que está o x da questão menos riquezas quando negros poder adquirir bens, ai se entende um pouco a guerra da secessão 11 Estados do Sul latifundiários aristocrata e defensor da escravidão contra os Estados do Norte industrializado onde a escravidão tem um peso econômico menor que no Sul. Igualdade perante a lei é que torna os homens e seguidores delas iguais como um todo.

Liberdade se livrar de uma coisa mas cair em outra, mesmo depois que a 13ª emenda foi aprovada os negros ainda lutam por igualdade, nos dias atuais ainda existe desigualdade.

Esse filme indico a estudantes de direito por tratar de leis e como usar elas para uma causa altruísta.

Lincoln é reeleito isso prova que ele é um bom presidente para brancos e antes que acabe esse mandato ele quer dar direitos iguais de voto para que o próximo presidente seja eleito por todo o país e não por uma parte branca apenas.

o blog mais legal da net! disse...

Isabel Rezende n°23
Márcia Silvia n° 37
1° LOG
Daniel Day-Lewis dá vida ao 16º presidente dos Estados Unidos, durante o final de seu mandato, em uma época sangrenta. Nesse tempo, o país dos Estados Unidos estava dividido entre Norte e Sul, o que ficou conhecido pelo nome Guerra de Secessão. Esta guerra sangrenta tinha por fins principais a luta pela escravidão. Enquanto o Norte era abolicionista por ter seu comércio mais avançado e industrializado, o Sul era escravista, pois sua base econômica era agrícola. Em uma nação dividida pela guerra e por fortes mudanças, o presidente Lincoln percorre um caminho de difíceis ações, a fim de terminar a guerra, unir o país e abolir a escravidão. Com coragem moral e força para obter sucesso, suas escolhas nesse período crucial mudam o destino das gerações que ainda estão por vir.
O recorte do filme gera um pouco de sono e é preciso estar bem disposto para a longa duração de uma obra com muitas discussões políticas, principalmente relacionadas às 13ª Emenda Constitucional que proíbe toda e qualquer escravidão no país. Assim como também se encontra discussões entre republicanos e democratas. De simplista o filme não tem nada. O filme torna-se meio confuso, cheios de personagens, dando a perceber que a história só poderia ser entendida totalmente por americanos ou estudiosos da Guerra de Secessão. O que mais se destaca é Thaddeus Stevens, vivido com maestria por Tommy Lee Jones. Ele diz: “Eu não concordo com a igualdade em todas as coisas, eu concordo com a igualdade perante a Lei e nada mais”.
Com base na crítica feita acima, indico o filme aos estudantes de história, principalmente, àqueles interessados nas principais guerras dos Estados Unidos.
Concluo, que este é um filme muito polêmico. E que a filosofia do filme nos faz refletir na importância de uma sociedade sem preconceitos raciais e sociais perante aos menos favoráveis a uma vida socialmente “

Khaoe Pacheco disse...

Khaoe Fabian Reis Pacheco Nº 29
Obede Lopes Pereira Nº 40

Lincoln e sua parte na história americana

Os últimos meses de vida do presidente Abraham Lincoln, um ferrenho lutador a favor da libertação dos escravos negros nos Estados Unidos da America no final do século XIX. As artimanhas políticas, os pontos de vista e, sobretudo, o poder que um homem tem de mudar o destino de milhares de pessoas.

Tachado de chato, arrastado e confuso o filme Lincoln é uma biografia polemica de um dos mais queridos presidentes dos Estados Unidos. Biografias geralmente trazem toda a vida da pessoa estudada desde seu nascimento até sua hora final, nesta produção o diretor Steven Spielberg optou por mostrar os bastidores do que se resultou na 13ª Emenda a lei americana que acabou com a escravidão naquele país, deixando a figura do Lincoln às vezes em segundo plano. O roteiro não joga na cara do telespectador o porquê o presidente insistiu tanto para isso, mas é conhecido dos americanos que ele simplesmente não era preconceituoso, tendo até um negro como um de seus melhores amigos (fato esse não mostrado no filme, esse é um dos motivos que renderam criticas ao filme). O que pode se afirmar com certeza é que ele e sua esposa não queriam perder mais um filho para uma guerra, já que outro queria ir muito se alistar. Um dos destaques da produção foi mostrar os calorosos debates entre membros dos partidos Republicanos (a favor) e Democratas (contra). Mesmo a favor da abolição, os republicanos ficaram em dividas quando questionados que, após serem libertos, os escravos teriam direito a votar também. Talvez, o maior defeito do filme foi a aparição de vários personagens e o fato de não conseguirmos nos identificar com eles por que simplesmente eles vem e vão.

O filme ficou com fama de difícil por que não há muitos personagens com os quais os jovens (principal alvo da indústria cinematográfica americana) possam se identificar, portanto, ele é indicado para quem gosta de admirar pessoas que defendem seus pontos de vista com unhas e dentes. A produção funciona também para aqueles que se interessam para ver como um fato tão relevante da história de um país ocorreu.

O filme Lincoln chega a ser decepcionante para quem esperava que a libertação dos escravos nos Estados Unidos da America ocorreu de forma limpa e transparente, infelizmente foi preciso compra de votos e trocas de favores para que isso acontecesse. Mas, ao menos, aconteceu. A 13ª emenda só garantiu a proibição da escravidão, direito a voto e direito de ir e vir a qualquer lugar demorou muitos anos para ocorrer.

“Você já se viu conversado com um morto? Desde a morte de Willie todo dia faço isso involuntariamente, falo com ele como se ele ainda estivesse comigo”.
Abraham Lincoln após a morte do filho.

Anônimo disse...

Turma 1° Log Noite

Marcia Oliveira N°36
Diógenes Dias N°12

Lincoln foi um dos presidentes mais famosos dos EUA, através de sua luta, persistência e muita paciência para administrar um país tão grande e muitas opiniões o contrariaram.
Lincoln foi um administrador muito sábio, tranquilo, conseguia persuadir as pessoas com suas histórias, com um conhecimento, governava o país sempre ouvindo opiniões, estando sempre presente do povo. Enfrentou uma guerra civil intensa, na qual negros lutavam pela liberdade: Lutou contra o preconceito, no seu modo de pensar era que todos são iguais perante a Deus, sem discriminação de cor, raça ou religião.
Sua sabedoria era algo acima do normal, pois demonstrava ser uma pessoa muito vivida, culta. sempre por dentro dos acontecimentos .lutava contra fazendeiros e políticos no ano de 1665 ,quando todos dependiam do trabalho escravo, não queriam se misturar aos negros , não queriam que tivesse algum direito muito menos votar ,realmente ele foi muito corajoso para seu tempo por estes atos acabou sendo marcado pela historia .
Como pode o ser humano se achar superior, inteligente e acabar fazendo o mal a si mesmo, discriminando a cor, a raça da sua espécie, se colocando acima de tudo, chegando ao ponto de criticar o criador. Uma das frases que ficou muito marcada na época pelo Thaddeus Steven é a frase (Eu não concordo com a igualdade em todas as coisas, eu concordo com a igualdade perante a Lei e nada mais”),
Foi uma historia interessante por parte do presidente tentando colocar sua filosofia em igualdade para todos, lutando para acabar com uma guerra que estava dividindo o pais e pelo direito de todos perante a lei , ao mesmo tempo é uma historia muito cansativa pois envolve política ,muita argumentação, discussões apesar de demonstrar muita sabedoria, conhecimento lutando contra opiniões contrarias, pessoas que só conseguiam enxergar para si mesmo depois de tudo isso, de abolir a escravidão, acabar com a guerra, ainda foi baleado e acabou morrendo e não conseguiu usufruir de seu feito .
Indicamos para pessoas que gostam de saber da história dos EUA e para alunos de Direito pois conta uma história do passado com julgamento da época.

Anônimo disse...

Claudinéia Alves dos Santos nº 08 1ºlog A
Marilu de Fátima Lemos nº 38
Lincoln
O filme conta a história de um dos maiores, se não o maior dos presidentes dos Estados Unidos, um homem simples que acreditava que todos eram iguais perante a lei. Ele lutou muito para a aprovação da 13ª emenda da constituição americana, para que assim houvesse a abolição da escravatura no país, pois os negros mereciam isto, pois muitos deles já haviam morrido na guerra na esperança de conseguir a liberdade.
Além da pressão que Lincoln sofria por causa da guerra e da emenda por todos, ele ainda passava por muitos conflitos familiares com sua esposa que o cobrava muito e ela não queria que ele permitisse que seu filho mais velho fosse para o exército, pois ela tinha medo de perdê-lo, o que é natural. Ele também não tinha tempo para o convívio com sua família, além de suas obrigações, muitas pessoas o procuravam para pedir ajuda, pois ele era muito querido pelo povo.
Ele precisava de dois terços dos votos para a aprovação da emenda na câmara, porém os democratas e os republicanos conservacionistas eram contra, mas ele foi em busca dos votos necessários para a aprovação. Muitos queriam que ele desistisse da emenda, mas ele queria fazer valer à pena a morte de muitos que lutaram para que isto se tornasse possível.
Depois de muito sangue derramado em vários anos de guerra, e muito esforço para conseguir apoio para a aprovação da emenda, em 31 de janeiro de 1965 ela foi aprovada e assim conseqüentemente pelo fato de os nortistas serem mais fortes no requisito de armamento e pessoal, no dia 9 de abril do mesmo ano, houve a rendição no tribunal de Appomattox do general sulista Lee ao general nortista Grant, dando-se assim o fim da guerra.
Ao sair de uma reunião no fim da noite de 14 de abril de seu gabinete, Lincoln é baleado e morre na manhã do dia 15, ficando assim na história por seus brilhantes feitos.
O filme é muito bom, mas para compreendê-lo devemos prestar bastante atenção, pois além de ser uma linguagem política técnica, também é de época.
Indicado para quem tem interesse na política, para saber como foi o processo de aprovação da 13ª emenda da constituição americana, para quem gosta de história, estudantes de direito e para quem aprecia um bom filme.
A apresentação deste filme foi muito proveitosa para entender sobre questões relacionadas à constituição e a história americana e conhecer um pouco sobre Lincoln, nos ensinando a sermos mais humildes e não ter preconceito, pois todos são iguais, independente de raça, cor, credo e não desistir de nossos objetivos mesmo que muitas vezes precisamos deixar de lado coisas muito importantes para que isto aconteça.

Eduardo Costa disse...

resenha do filme: LINCOLN

Esse filme relata os esforços do presidente Abraham Lincoln para tentar aprovar uma emenda constitucional visando abolir a escravidão nos Estados Unidos. Na esperança de aprovar a emenda ele conta com o apoio de Blair, cujo tem influencia para com os membros da fronteira venham a apoiar esta emenda.
Portanto, em troca de seu apoio, Blair insiste que Lincoln permitir que ele imediatamente envolver o confederado governo nas negociações de paz. Esta é uma complicação para os esforços de Lincoln alteração uma vez que ele sabe que uma parte significativa do apoio que tem recebido para a alteração é da facção radical republicana, assim sendo, como seria incapaz de prosseguir sem o apoio de Blair, no entanto, Lincoln relutantemente autoriza missão de Blair.
Após a aprovação da emenda, na noite de 14 de abril de 1865, Lincoln está em uma reunião de fim de noite com seu gabinete, discutir possíveis medidas futuras para emancipar os negros, quando ele se lembra de que a Sra. Lincoln está esperando para levá-los para a sua noite no Teatro Ford.
Na manhã seguinte, depois de Lincoln é baleado, seu médico anuncia sua morte.
É um filme dramático indicado para todos que queiram saber um pouco da vida desse grande homem que lutou pela abolição dos escravos nos Estados Unidos, levando assim o telespectador a refletir sobre as condições em que os negros viviam, e como a luta desse homem foi fundamental para a libertação de um povo.
Para concluir é um filme voltado para os problemas ocorridos no período da escravidão e a luta de um homem buscando fazer com que todos fossem livres. Após conseguir aprovação da sua emenda, e libertar os escravos esse presidente caba sendo assassinado em um teatro.

alunos: Eduardo nº 13
Fabiana nº 17

Anônimo disse...

NOME : Valmir batista dos santos
N°: 61
NOME: João Batista
Nº25
TURMA : 1° LOG A


LINCOLN ( EXEMPLO DE SUPERAÇÃO)

ABRAHAM LINCOLN um exemplo de verdade , superação e coragem para lutar contra a maioria.
LINCOLN foi um presidente muito bom voltado para a verdade ,sempre lutou a favor do bem de todos por isso adquiriu tantos inimigos , mas mesmo assim era um homem amado por muita gente.
Quando presidente LINCOLN enfrentou batalhas , guerras sangrentas e por isso lutou pela ementa da abolição da escravidão, permitindo um direito igual a todos.
Mas nem sempre era tão facil assim , ele passou vários momentos criticos nessa luta tendo que ouvir frases como estas " nao podemos mudar o que deus fez diferente '' e mas frases le tinha que ouvir "se der a liberdade a esses negros seremos todos iguais , e eles tambem poderão votar isso e um absurdo"
Esta história não é só um filme mas sim um aprendizado que devemos levar para nossas vidas pois não basta lutar por seus ideais mas acreditar que vai conseguir, mesmo que seja você contra muitos a verdade sempre vence.
A história de LINCOLN deveria de ser seguida por todos os politicos do mundo ,principalmente os do brasil que são eleitos para servir a sociedade e não a si próprio como fasem.
Se nosso país seguise os conceitos desse homem seria um país bem melhor de se viver e não teria tanta corrupção , que trabalho bonito e exemplo a seguir .

Raphaela Godoy disse...

LINCOLN
O filme começa mostrando a guerra civil americana no seu quarto ano e o segundo ano da reeleição do presidente Lincoln. Mostra a disputa política que travaram para a aprovação da 13ª emenda, que era a libertação dos escravos. Para Lincoln, todo homem é igual. O lema de Lincoln era: Governo do povo, pelo povo, para o povo, tudo era pelo seu povo. Lincoln não se preocupa com os luxos do importante cargo que ocupa e tem uma visão mais ampla que a de seus aliados. Ele nota que o fim da guerra leva necessariamente ao fim do seu projeto político principal, o de acabar com a escravatura no país. Ele entende que a proclamação da Emancipação dos escravos.
O presidente gosta de conversar com seus soldados e com os funcionários da Casa Branca, sempre contando seus causos divertidos e agindo sempre depois de ouvir todos os lados, como quando começa a filosofar com seus funcionários. Isso deixa o mesmo muito bem, pois para ele a raça humana são todos iguais e não tem cor que diferencie isso. Lincoln conta com o apoio do líder republicano na luta à favor da aprovação da 13ª emenda.
Lincoln nota que o fim da guerra civil americana, que começou em seu primeiro mandato, está chegando ao fim, com uma clara vitória da União e que também leva ao fim do seu projeto político principal, que é de acabar com a escravatura no país, ele sabe que a proclamação da Emancipação dos escravos só é levada a sério pelos estados confederados por causa da guerra. Apesar da discórdia entres os democratas e os republicanos, na questão da abolição da escravatura, entre outras, todos mostram muito respeito e admiração por Lincoln.
A história deste grande presidente americano demonstra que muitas práticas vistas na política moderna sejam no Brasil e no próprio Estado Unido, não começaram recentemente. A política sempre pode acabar funcionando em todos os lugares do mundo. Pois a política anda cada vez mais forte. E que preconceito e racismo deixaram de existir durante há muito tempo devido às leis.

Nome: Pâmela Eduarda de Souza, Nº 42 - 1º LOG A
Nome: Raphaela Godoy N°59

Raphaela Godoy disse...

LINCONL
Lincoln o presidente dos estados unidos não se conforma com tanta morte devido a guerra dos rebeldes. Há um ano ele criou uma lei que se chama 13º emenda para abolir a escravidão, porem espera a aprovação, Mas o partido oposto não é a favor dessa nova lei de negros e brancos viver jutos, de serem iguais, de dividirem as mesas tarefas, eles se acham superiores aos negros por isso os escravizam. Lincoln precisa do apoio dos democratas, porem acha muito difícil receber ajuda dos opositores, mas meso assim ele tenta diz que não vai comprar ninguém, mas que na sua reeleição vai precisar de pessoas para preencher devidas vagas ao seu lado. Ele resolve falar com tudo e todos que estão ao seu alcance para que cada vez ele se fortaleça e consiga ganhar essa batalha e trazer a paz para seu povo. Ele estava com pressa pra essa emenda acontecer, pois se a guerra acabasse antes seus planos e metas iriam por água abaixo e sua reeleição também e tudo iria continuar com esta, negros escravos, brancos racistas iria surgir mais guerras etc.
Tudo que ele fez não foi em vão gerou muitos resultados positivos , pois o mais importante ele conseguiu a aprovação da 13º emenda e aboliu de vez a escravidão dos Estados Unidos , os democratas não ficaram felizes mas essa lei foi a assembléia que gerou e foi aprovada . Agora todos são iguais perante a lei.
Lincoln estava feliz com tudo isso porem cansado com todo o estresse gerado estava com a aparência mais velha , isso era a paz que ele queria assim ficou muito satisfeito mas não sabia que iria acontecer. Um tiro acabou com toda esperança e de seu povo matando e assim ele virando um mito uma historia.
O filme e baseado numa historia que faz você pensar muito em ética e moral de um povo que tinha como costume não se misturar com gente negra, pra eles os negros só prestavam como escravos , e para Lincoln eles eram iguais a todos perante a lei .
Um filme muito interessante para o publico adulto mostra que o racismo e preconceito deixaram de existir ha muito tempo perante a lei. Mas hoje em dia muita gente age como se estivesse na época agindo com racismo e preconceito contra os negros.
A historia de Lincoln e inspiradora, por que ele mostra que não importa tamanho da dificuldade que ha e seu caminho, mas com garra e vontade você e capaz de vencer .
Nomes : Diego dos Santos , Bruno Robson - nº: 11 , 05 - turma 1º LOG A

Pricila Mortean dos Santos disse...

LINCOLN - 2012

As histórias antigas sobre o Brasil já são para nós complicadas de se entender, quando falamos de outros países isso parece praticamente impossível.
Numa época em que 90% dos filmes nos tornam cada vez mais alienados, o filme Lincoln tornou essa compreensão mais fácil, sendo praticamente uma aula de história.
Vendo o filme é possível notar a importância de Abraham Lincoln para os Estados Unidos e conseqüentemente para o restante do mundo.
Dirigido por Steven Spielberg e com Daniel Day-Lewis no papel principal, o filme traz a tona a luta do então presidente dos Estados Unidos Abraham pela abolição da escravidão. A história se passa no século XIX, durante a guerra civil.
Abraham demonstra ser um homem melancólico, persistente e muito corajoso, pois mesmo com os grandes nomes políticos contra a abolição da escravidão, ele não desistiu de lutar. O povo em sua grande maioria era a favor da escravidão pois, consideravam a raça negra uma raça inferior, que não merecia ter os mesmo direitos que os brancos. Basicamente eles não eram vistos como humanos, mas, sim como uma mercadoria.
O filme é um tanto quanto monótono, de difícil interpretação e alguns o taxam como sendo chato, mas Day-Lewis deu um show a parte de interpretação e deixou toda a história ainda mais interessante, pois consegue de forma sutil demonstrar vários conflitos internos, familiares e que nos fazem refletir, assim como o momento em que Abraham omite informações de seu empregado, colocando em risco a sua confiança. Isso poderia prejudicar a sua reputação, mas a obra pela qual ele lutava e a ótima interpretação do ator não permitiram tal acontecimento.
Indico o filme a todos que buscam por um conhecimento mais amplo sobre a história do homem responsável por acabar com o trabalho escravo, unindo isso a lazer e distração.
Particularmente, gostei muito do filme e quero ter outras oportunidades de assisti-lo, pois sinto que ainda não compreendi tudo que ele pode me oferecer.

Alunos: Pricila Mortean dos Santos n° 45
Jonadab Lima n° 26

Anônimo disse...

Flavio Artur da Silva numero 19
O filme Lincon relata sobre o trabalho que o Presidente Abraham Lincon teve com a escravidão, e com a guerra entre os abolicionistas e os escravistas que já durava 4 anos. E para acabar com a escravidão ele criou a 13ª Emenda que se fosse aprovada pela câmera de Deputados seria acabar com a escravatura e também a guerra, e com apenas 1 mês de prazo ele conseguo todos os votos que precisava e aprovovar a Emenda que acaba com a Escravidão dos EUA
O filme relatou uma questão religiosa e moral pois seria possível uma pessoa diferente criada por Deus, igual a outra e poderiam ter os mesmos direitos pela lei, e também poderia um governo de um país manter metade da população escrava e outra livre.
Este filme e indicado para quem acha que foi fácil acabar com a escravidão mais principalmente para as pessoas de cor que assim como Eu posso sentir orgulho de fazer parte de uma descendência que lutou ate o fim para ação mesmo bar com a escravidão.
Neste filme se conclui que se a pessoa apesar de diferente podem sim ter o mesmo direito e principalmente o direito de liberdade.

Kelly Assis disse...

Filme se passa nos tempos de guerras onde as pessoas não tinha liberdade de expressão, onde avia um homem chamada Abraham Lincon que se tornou presidente e dentro do seu primeiro mandato tinha como objetivo fazer a abolição da escravatura,
Este homem foi guerreiro, teve fé, teve seus altos e baixos, dentro deste filme se passa que as pessoas queriam o final da guerra mais não queriam que o final da escravidão chegasse junto.
Pessoas cujos na épocas eram muito racistas, Lincon o presidente procurou vários e vários meios para que seus oponentes tornassem seus aliados, alias ele foi atrás de seu concorrente para presidente para que ele o se apoia, ouve momentos que ao invés de mandar seus ajudantes ate as pessoas ele mesmo quem tomou caminho da casa de deputados do parlamento e batendo assim de porta em porta pedindo, mostrando que um homem não é nada sem humildade.
Lincon por se dedicar totalmente aos seus objetivos ele muitas das vezes dedicava de lado sua família para poder conquistas suas vitorias, um homem cujo se dedica muito aos outros realmente deixa de lado coisas muitos importantes, mais vendo oque ele fez pelo pais valeu muito apena, com certeza seus esforços foram recompensados qual maior recompensa do que a paz interior, de poder ter a certeza que Você conclui algum muito importante.
Indicativo este filme para qualquer pessoa imagino que se Você quer algum melhor para si mesmo deve se começar com fatos que os levante a aoto estima, que seja um livro uma mensagem, uma palavra que te ajude a repensar que tudo que ouve no passado teve serventia de um bom futuro.
Sendo assim Lincon com sua paz interior que com certeza lhe deu muitos e muitos sorrisos foi perfeitamente um filme onde se diz, Posso não ter conseguido mais fiz de tudo para ter concluído.
E a maior riqueza que se tem na vida é a paz de saber que seus esforços um dia valeram apena.

dandias disse...

Trabalho de Direito
A. Lincoln
Por: Daniel S. Dias e Patrícia R. Santos
1º Log- turma: A

Em 1865 os E.U.A vivem uma sangrenta guerra civil, o país está dividido entre o sul que é a favor da escravidão e o norte que é abolicionista em sua grande maioria
O então presidente Abraham Lincoln, era um homem que pensava à sua frente de seu tempo, viu a possibilidade de fazer o que julgava ser o correto, seu ideal era que: todos os Homens eram iguais independentemente de sua raça ou cor, todos tinham direitos iguais perante a lei, não concordava com a denominada “supremacia branca”.
Para que a abolição ocorresse havia uma emenda, que 10 meses atrás havia sido rejeitada, a 13ª emenda. A. Lincoln que era do partido republicano, começa uma tentativa frenética para colocar a emenda em votação. Sua bancada republicana é em menor número na Câmara em relação aos Democratas (oposição). Para ter a emenda aprovada ele precisa de 2/3 dos votos, ou seja, total apoio de seu partido mais vinte votos da oposição.
Começa então um jogo político de compra de votos, com troca de favores, são oferecidos cargos e cadeiras aos adversários que votarem no sim.
Depois de muita luta e muito sangue derramado por conta da guerra, a 13ª emenda é votada e aprovada, sob o risco de um impeachment de A. Lincoln. Isso deu o direito à liberdade para aproximadamente 4 milhões de negros. Porém a paz ainda não é feita, isso só ocorreria meses depois, dia 09 de abril de 1865 no estado da Virgínia após contínuos esforços do querido e odiado presidente, A. Lincoln.
Poucos dias depois o presidente A. Lincoln é baleado em frente ao teatro e vem a falecer as 7:22 da manhã, no dia 15 de abril de 1865 em um sábado. Deixando para trás um feito histórico.
Vi que o presidente Abraham Lincoln foi um ser humano de pura essência, foi um grande homem, que deve servir de exemplo para nós. Lamento pelas vidas perdidas. E entendo que os caminhos que seguiu as decisões que teve que tomar, não devem ofuscar sua honra, pois tudo o que fez, fez para o bem da humanidade.
Indico o filme como um dos melhores que já vi, um filme de ótimo roteiro, com tiradas de humor vez por outra por conta das histórias contadas por A.Lincoln , que sempre passava uma lição, um filme grandioso e notório capaz de nos levar a refletir: “ as vezes temos que tomar caminhos duvidosos em prol de um bem maior”.
O filme é uma produção de: Steven Spielberg e Kathleen Kennedy, protagonizado por, Daniel Day-Lewis. Baseado no livro: Tean of Rivals, da escritora Doris Kearns.


Anônimo disse...

Abrahan Lincoln

Presidente Abrahan Lincoln relata como foi difícil chegar a sua posição a presidência , pois não conquistou nenhum de outros cargos , mas mesmo assim lutou ate o ultimo momento ate conseguir seu lugar na Presidência da Republica . Em janeiro de 1865 Lincoln faz na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos uma meada a Constituição dos Estados Unidos que ira abolir formalmente a escravidão no país .Com a espera que a Guerra Civil termine em um mês.Mesmo depois de Lincoln perder as campanhas de reeleição em outono de 1864,alguns dos seus assessores acreditavam que ele deve-se esperar ate que o novo pesado Congresso Republicano fique sentado , provavelmente dando a alteração do caminho mas fácil ,no entanto Lincoln permaneceu inflexível sobre a questão da escravidão resolvida antes da guerra.
Lincoln nunca perdeu as esperanças para aprovação da emenda , o único cuja sua influencia era Francis Preston Blair podia garantir que todos os membros da fronteira ocidental e estado facção conservadora republicana apoiara a emenda .Se parece haver uma possibilidade realista de acabar coma guerra ,mesmo sem garantir o final da escravidão , mas ele necessitava do apoio para a que a abolição certamente vai cair por não ter o apoio de Blair ele decide seguir a missão .
A o apoio incondicional de Stevens para a igualdade racial fornecendo outra complicação a Lincoln para aprovação da emenda. Mas Lincoln sabe que a tolerância para a idéia de abolir a escravidão excede em vários critérios para a idéia da igualdade racial completa .Lincoln ainda teve dificuldades com sua família , ficando dividido entre seu filho Robert Pois ele queria se alistar no exercito e sua esposa era altamente contra os planos do filho.
Houve muita briga entre Lincoln e os governantes em relação a abolição deve votações , discussões que não levara a parte alguma os ate mesmo a chance da emenda .
Quando Lincoln se junta a uniao a tempo de evitar a alteração de entrar em vigor .Apos a aprovação da emenda Lincoln visita o campo e batalha em Petersburg , Virginia , onde ele troca algumas palavras com general Grant .Apos isso general recebe a rendição do General Lee NO tribunal .
Lincoln no final de uma noite em seu gabinete discuti medidas para emancipar os negros , nisso ele se lembra da noite que era no teatro com sua esposa. Na manha seguinte Lincoln é baleado , quando menos espera seu medico anuncia que Abrahan Lincoln esta Morto.
Após tudo conquistado o que era o maior desejo de Lincoln , ele morre sem mais ou menos mas com sua dignidade acima de tudo pois ele tinha conquistado sua Vitória em relação a abolição dos escravos .
Sintia Janaiada da Silva nº50

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!