Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O sofrimento e a dor


 
Assustei-me quando me vi caído,
Quando me vi caído, não cri.
Se ver caído, se ver em dor, sem calor,
Se vê como se está, não é comum.
 
Hoje apanhei da dor,
Apanhei muito forte, mas decidi,
Que ela precisa me bater mais,
E este sentimento não é dar a outra face.
 
No primeiro momento em que meu corpo gritou,
Gritou com ele muito mais de mim.
Gritou com ele o brio que não tive,
A visão que me ofuscava ver.
 
Ah, sim, eu precisa apanhar,
Precisava sentir a dor, o sofrer,
Para então aprender que,
Não há nada no mundo melhor que viver.
 
E então me perguntei por que fugia da dor,
Por que queria sempre um calor,
Por que preferia redimir-me,
A encontrar-me como sou.
 
 Uma coisa aprendi com a dor,
Ela é companheira fiel,
Sem ela dificilmente poderia ver com razão,
Se a dor é sofrer, sofro a dor e vivo meu ser.
 

Um comentário:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querido amigo Tiago
Também já caí e me vi sem nada, despida de alegria... de felicidade... mas hoje estou, pela Graça, amenizada na tal dor (experimentada)...
Lindo post, como sempre!!!
Voltei da fronteira da Bolívia e por lá, vi muito a evangelizar...
Bjs fraternais de paz

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!