Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Livre Voo II

por Tiago Lacerda

Na primeira postagem sobre o livre voo eu disse que o veneno da pequenez já tinha se espraiado nos corações, pode-se ligar este por uma analogia ao mundo. Afirmo a existência deste veneno, percebo, sinto que seus resquícios persistem em querer lançar algumas borrifadas em mim. Tudo isso é o cotidiano de um mundo cheio de pessoas e de pessoas vazias de mundos. Algumas não suportam serem elas mesmas, preferem se espelhar noutras para sentirem alguma segurança. Quando não se espelham para imitar, miram para derrubar: é o cúmulo da pequenez, da falta de identidade, da falta de sentido existencial. Uma pessoa que começa um treinamento para alçar um voo livre é mal compreendida. As palavras também são assim. A liberdade deste voo em nenhum momento me leva a pensá-la como sinônimo de desordem ou libertinagem. Acredito que o problema está nas entrelinhas. Eu deixo mensagens que não estão escritas, mas todos estão tão armados, e isso não é só culpa das pessoas, mas da sociedade, sistema em geral, que sempre interpretam a torto e à direito o que se lê, o que se vê. É o grande mal de alguns professores de português que muitas vezes viajam num texto e fogem à sua essência, levando alguns alunos ao vício literário de lê o que não está escrito e de não saber o que leu na realidade. Ter a astúcia de compreender o texto e poder relacioná-lo com outras interpretações pessoais é uma raridade, mas lê e crê naquilo como toda verdade ou abominar por inteiro tal escrito é fruto de uma ignorância que cria raízes tão profundas em solo seco que não permitirão um voo livre, ou seja, tampouco voar. Neste segundo texto acredito que ainda não consegui atingir meu objetivo, tampouco me esforço, é “cedo”. Deixemos que os raios solares penetrem a penumbra aos poucos, pois se cegarmos, não adiantará voar sem saber aonde ir.

3 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, meu querido Tiago
Só conhecndo bem vc dá para mergulhar em suas profundas e reflexivas palavras...
Ficamos nas entrelinhas porque nos facilita... não nos dá trablaho... é fácil aderir a onda... remar na maré favorável...
Quando há luta, há vitória no final... de algum percurso... ainda que exauridas as forças...
Nisso estamos os dois e MUITOS dos que cremos, meu irmão... Independente de estarmos "preso"...
A nossa liberdade reside em nosso coração... em Deus somos livres... alçamos vôos... saímos da rasante!!!
Passo,com calma,também pra desejar-lhe um Novo Ano cheio de paz e prosperidade em todos os sentidos...
Cheguei anteontem de viagem...
As minhas férias foram deliciosas... Junto à família tudo é bom demais!!!
Bjs fraternais com gostinho de início de ano

orvalho do ceu disse...

Olá, Tiago
Segue o meu convite carinhoso de mais uma Coletiva pra VC...
Entra na roda com a gente!!!
Abraços fraternos

orvalho do ceu disse...

Hoje, Tiago, logo no início da Semana Santa, o meu desejo de paz e alegria é para vc... bem como uma chuva de:

Orvalho do Céu (uma “Chuva de Néctar da Verdade”... ou de Palavras de Deus)...

Estarei oferecendo um Retiro em meu Blog durante toda semana, passo para convidar e aguardar a sua visita...
Preparei tudo com todo o meu carinho fraternal... Espero que lhe seja útil!!!
É exatamente isso que lhe digo nesse tempo que estamos entrando:
Uma Abençoada Semana Santa e uma Páscoa extremamente feliz!!!
Abraços de paz e achocolatados desde já pois estarei também em Retiro Espiritual.


http://espiritual-idade.blogspot.com/

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!