Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

domingo, 30 de maio de 2010

Tempo e Espiritualidade


Blogagem Coletiva III - Espiritual-Idade


A experiência de poder perceber que o tempo é para nós um momento de graça é simplesmente um convite a reconhcer a bondade de Deus em nos presentear com tal sabedoria e compreensão. Da mesma forma convido a todos para que acessem os outros blogs e confiram a riqueza da diversidade.
Tempo e Espiritualidade
por Tiago Lacerda

Com o tempo temos a ideia de presente, passado e futuro. Na filosofia existencialista de Heidegger o passado pode ser entendido como ponto de partida ou fundamento das possibilidades porvindouras, e o futuro como possibilidade de conservação ou mudança, do passado, em limites determináveis a cada vez. Temos no futuro apenas possibilidades, estas podem ser direcionadas a alguma mudança, ou não. A sociedade hodierna está repleta de pessoas que não se contentam com sua própria existência, estão em algum tempo, vivendo alguma vida, mas longe do presente. Isto pode causar desespero, angústia nas pessoas, que no lugar de ter o futuro como possibilidade de mudar ou conservar algo, fazem dele um momento atual, o que resulta em frustrações quando não alcançados os objetivos traçados. Da mesma forma pessoas que vivem no passado precisam dar lugar ao presente para que possam respirar com mais liberdade; ficar preso em fatos que se foram e que poderiam ter sido diferentes é sofrer sem possibilidade de mudar. O passado é um ponto de partida, dele visualizamos as possibilidades do futuro e fazemos o melhor para que no presente estas possam ser estruturadas de forma que sejam possíveis suas realizações. No evangelho encontramos algumas pistas, orientações para percebermos a lógica de Deus e podermos viver de acordo com seus ensinamentos, iluminações, buscando não só viver o presente, mas fazer dele oportunidade e possibilidade de mudança para outros que não tem as mesmas oportunidades que gozamos muitas vezes. No início do texto vimos o futuro como possibilidade, porque pelo passado posso vislumbrá-lo; a partir do evangelho vamos compreender o presente como tal, pois este é o momento em que estamos e enquanto muitos querem salvar sua vida alcançando tudo, buscando o máximo que podem e querendo ser tudo, recebemos um chamado para perder a nossa vida, ser o essencial e buscar a um princípio que fundamenta a nossa existência (Cf. Lc 9, 24). É um paradoxo que nos deixa confusos, mas perder a vida é deixar-se ser moldado e ser instrumento de apoio para quem nada possui, os pobres. Os pobres aqui são todos aqueles que sofrem e são excluídos de alguma forma. São aqueles que choram, mas suas lágrimas se transformarão em alegrias, serão consolados (Cf. Mt 5, 4), porque este clamor chega a Deus, e ele envia a cada um de nós para ser estes instrumentos de seu amor. É preciso perder a vida sim na lógica do evangelho, perder tempo com Deus, para ganhar tempo em Deus. Porque quem quiser ser o primeiro, este deve dar o exemplo, sendo o último, o que serve a todos (Cf. Mc 9,35). Não é se rebaixar para seguir uma regra, mas se libertar de tudo o que a sociedade impõe como princípio para uma felicidade que parece não ser possível e que levam muitos a se desgastarem. E finalizo com a citação de Atos dos Apóstolos em que nos ensina que há maior alegria em dar, que receber (Cf. Atos 20, 35). Quando encontramos este caminho norteador no serviço a Deus e ao próximo, encontramos o caminho que nos leva a conhecer o nosso próprio coração. Por isso, gastar tempo com os que precisam é ao mesmo tempo cuidar de nós mesmos.

3 comentários:

orvalho do ceu disse...

Oi, meu querido irmão na Fé Tiago
Passo hoje pra lhe desejar ótimo Domingo pois estou fora de casa e tudo foi lindo no encontro de família e ex alunas.
Amanhã comento seu catequético post e obrigado por sua adesão à Blogagem Coletiva Espiritual.
Abraços fraternos

Tiago Eurico de Lacerda disse...

Obrigado Rosélia e paz!!!
A blogagem está muito boa mesmo!
abraço

orvalho do ceu disse...

Olá, meu querido Tiago
"Desespero... frustração... não mudança... imediatismo"...
Meu Deus! Quanto desaproveitamento do tempo!!!
Que ELE nos plenifique para nada anteporos ao seu AMOR!!!
Vc só nos faz crescer, meu irmão na Fé.
Muito obrigado por sua adesão à nossa BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL.
Muita paz interior pra vc e abraços fraternais.

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!