Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

domingo, 16 de maio de 2010

Natureza e Espiritualidade


Esta semana recebi um convite de uma grande amiga, a Rosélia, para escrever sobre determinados temas que serão propostos de antemão para uma Blogagem Coletiva Espiritual. Como funciona? Fácil, a partir do blog Orvalho do Céu saberemos o tema proposto e seus seguidores, leitores e amigos que estarão participando desta blogagem postarão em seus respectivos blogs sobre este tema, como uma corrente de espiritualidade e amor. Achei a proposta interessante, nos estimula a escrever e refletir também um pouco sobre nossa fé. O primeiro tema é NATUREZA E ESPIRITUALIDADE. Convido a todos que acessem o blog Orvalho do Céu e veja referências aos outros textos que foram escritos sobre este mesmo tema. Boa leitura a todos!

NATUREZA E ESPIRITUALIDADE

por Tiago Lacerda

A Natureza sempre me leva a pensar algo que está em movimento, algo que está vivo. É possível não percebermos que diante deste mundo em que estamos as coisas se movem. Não percebemos porque pensamos demasiadamente em muitas outras coisas, assim, não paramos para observar coisas simples como a natureza, a nossa vida interior e a nossa busca de Deus. Quando pensava uma imagem para colocar neste texto, tentava imaginar várias paisagens naturais, com muito verde ou com o mar, mas quando eu percebi o formato destas rochas, me deparei com um questionamento que me levou a pensar nas minúcias do mundo em minha volta que passam despercebidas. Como eu disse, o mundo está vivo, a natureza se move e nesta dinâmica ela constrói cenários que nos deixam estupefatos. Mas o que podemos fazer além de admirar tudo isso? Podemos deixar-nos envolver nesta dinâmica para compreendermos a nossa própria vida. Como?! Nós não somos seres desligado deste grande sistema vivo. Podemos pensar, refletir, saber a nossa função neste mundo e buscar a felicidade, as rochas, não. Mas o que temos em comum? Simplesmente a vida, o movimento. Uma rocha com formatos ígneos ou pela insistência das ondas do mar em tocá-las e moldá-las não pode saber o caminho da felicidade, mas simplesmente é moldada, não escolhe. O criador nos permite escolher caminhos, mas nem sempre percorremos os mais fáceis. Parece uma sina em sofrer ou viver em questionamentos. O que precisamos saber não nos é dado da noite para o dia. É preciso cultivar uma resposta, que é árdua, leva tempo. O problema do mundo hoje é que todos querem respostas imediatas. A natureza leva dezenas, centenas e até milhares de anos para chegar a uma forma que nunca se estagnará na mesma, mas sempre haverá mudanças. Nós insistimos em chegar a um posto, status ou sonho fixo. Isto é muito pouco, se a vida nos permite sempre uma mudança, esta deve ser aproveitada, sempre é possível ser melhor do que somos ou estamos. E se uma doença, ou dificuldade nos aparecer como tropeço, não culpemos a Deus; estamos em movimento, hoje temos saúde, amanhã ela poderá se esvair, mas quando compreendemos que da forma em que estamos poderemos ser sempre um ponto para um passo adiante, a doença e males não serão capazes de nos barrar diante de tantas maravilhas deste mundo. Espiritualidade é saber ver a Deus como um apoio e amor, não como simplesmente alguém que poda, mas que planta e rega com cuidado para que esta planta dê frutos e tenha vida em abundância. Mas não é admitido ter medo de se lançar, o tempo e as ondas sempre existirão, no começo parecerão só nos tirar a jovialidade e força, mas depois poderemos perceber que tudo não passava gotas de força interior, não percebíamos por ser sempre em gotas, mas elas nunca deixam de estilar e acontecem simplesmente porque dizemos um sim, uma escolha à vida. A natureza é moldada sem escolher, o tempo nos faz o mesmo, mas o que fazemos com estas mudanças é que nos lança além daquilo que está escrito na vida natural, nos une ao nosso transcendente e nos mostra caminhos de paz.

4 comentários:

orvalho do ceu disse...

Oi,meu estimado amigo Tiago
Peço desculpas por não ter podido, ontem mesmo, comentar seu post tão sensato e profundo, como sempre! Motivos alheios à minha vontade me impediram de fazê-lo e vou te explicar por e-mail quando chegar ao RJ de volta, TÁ?
GOSTEI DA AÇÃO QUE MOVIMENTOU SEU POST... Espiritualidade É AÇÃO... ESSA DINÂMICA DO MOVER-SE... EM NÓS... DA vida como movimento...
fez privilegiar a necessidade de Oração e Ação... Parabéns!
Vc sabe que nem todos vêem DEUS COMO APOIO E AMOR... É uma pena!
Amanhã colocarei os 3 Temas seguintes pra vc se preparar com calma e nos abrilhantar como fez dessa vez, meu querido.
Fique na mais perfeita paz interior e obrigado, meu irmão

Zininha disse...

É assim mesmo que imagino a natureza.
Que pena que nesta vida moderna tantos se distanciam da natureza...
e até por isso não a respeitamos como deveriamos...

Um abraço... belíssima reflexão sobre o tema...
Também estou participando...
será um prazer receber seu parecer...

Tiago Eurico de Lacerda disse...

Escrever sobre a natureza é algo envolvente. foi bom participar da blogagem coletiva, aprendemos juntos e quantos textos interessantes heim! Parábens Rosélia pela iniciativa e vamos em frente!

Gina disse...

Tiago,
Muito profundo seu post. A temática da espiritualidade dá margem a uma variada abordagem, sempre nos estimulando a ser pessoas melhores a cada dia.
Um abraço.

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!