Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

domingo, 25 de abril de 2010

Liberdade e Responsabilidade em Sartre

Gosto de conversar com as pessoas. Gosto de ouvir o que elas têm a dizer, de dar atenção e respondê-las, se ao meu alcance. Deixo claro que não tenho as respostas, mas posso ajudá-las a encontrar mais perguntas que de certa forma mostram o caminho não das respostas que querem, mas dos limites que temos em querer saber mais do que está ao nosso alcance, ao menos em alguns instantes, ou nos mais dolorosos e angustiantes. Nossa vida é de escolhas, e estas não são fáceis de manter. Há desafios, renúncias. Temos uma gama de opções no mundo, mas não podemos abraçar a todas, senão cairemos numa anarquia. É preciso um rumo certo, mas qual é o certo? Eu não saberia dizer se um só caminho é certo ou bom, ou melhor, eu não posso dizer isto. Cada um constrói o seu caminho. Sartre em O Existencialismo é um Humanismo descreve que “escolher ser isto ou aquilo é afirmar ao mesmo tempo o valor do que escolhemos, porque nunca podemos escolher o mal, (porque tal “mal” escolhido seria sempre um “bem”, exatamente porque se escolheu) o que escolhemos é sempre um bem. E nada pode ser bom para nós sem que o seja para todos”. Isto aproxima Sartre da moral kantiana. Kant quer fazer uma filosofia da moralidade e reduzir tudo a isto. Para ser feliz, honesto... é preciso da moral. Essa moral sempre parte do homem livre, autônomo. Ele diz que a razão tem uma autonomia. O sujeito executa a lei que ele mesmo elabora e a pensa. Esta lei tem um caráter universal. Após isto o sujeito deve esforçar-se para cumprir a lei e levá-la até o fim. Assim o que nos propomos ser e fazer deveria ter um caráter universal; outros, ou melhor, a humanidade inteira poderia fazê-lo também. O que nos remete a uma responsabilidade com o que escolhermos fazer e ser. “Há muita gente que não vive em ansiedade, mas é nossa convicção que esses tais disfarçam a sua angústia, que a evitam [...] ora, a verdade é que devemos perguntar-nos sempre: que aconteceria se toda gente fizesse o mesmo?, e não podemos fugir a este pensamento inquietante a não ser por uma espécie de má-fé” (SARTRE). O que eu quero com esta reflexão é propor um pensamento que inclui. Não dar de ombros para o sofrimento alheio, que também é nosso, mas escolher dentre tantas leis morais, aquela que pode nos ajudar a partilhar com a humanidade a responsabilidade recíproca na sociedade em que estamos. O sofrimento de uma só pessoa no mundo, deveria ser capaz de fazer-nos deixar tudo para acolher aquele que precisa no momento de nossa compreensão, amizade e capacidade de amar, porque a nossa vida é um caminhar para o mistério e não adianta pensarmos ser superior a ninguém, mas sim co-responsáveis.

SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. São Paulo: Abril S. A. Cultural,1973. p.13. (Col. Pensadores)

domingo, 18 de abril de 2010

Homenagem ao Jonas


Aprendendo a aprender


Tem momentos na vida que pensamos saber de tudo e que as outras pessoas não contribuem muito para a nossa história, pior quando achamos que na alteridade não se pode aprender, isto é autosuficiência. Quero homenagear um grande amigo que me ensinou, apesar de sua pouca idade, a perceber que tudo pode ser diferente quando a gente quer. Que o outro por mais simples que seja ou que não tenha os nossos mesmos gostos, pode nos ensinar muito. Sempre é tempo de aprender. E quando o fazemos melhor é quando buscamos aprender na vida concreta. Sentimos alegrias, angústias e saudades; ficamos confusos, nos encontramos e no mesmo instante nos perdemos, porque achávamos que o caminho era aquele e não era, paciência. Nossa vida é uma eterna dialética. E que bom quando encontramos pessoas que nos fazem abrir os olhos para o simples, o belo outrora escondido e o prático. Jonas você é um amigo indizível. Agradeço a Deus pela sua amizade, companheirismo e torço, rezo todos os dias pela sua alegria, sua vitória. Seja sempre você mesmo e em todos os lugares que você estiver, as pessoas encontrarão um ombro amigo na sua pessoa. Felicidades! E na oportunidade, meus parabéns pelo seu aniversário (adiantado)!


Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!