Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Sexualidade - Parte II



Os conceitos de Sexualidade

Mas então o que é a sexualidade? Essa pergunta grita dentro de nós em busca de um conhecimento mais profundo do nosso próprio ser. Inúmeras pessoas buscam ser felizes no amor, buscam gurus, cartomantes e inúmeros livros de auto-ajuda para satisfazerem seus desejos e angustias, que na sua maioria estão relacionadas com a sexualidade, ou a má vivência da mesma. Antes de tudo gostaria de dizer que a sexualidade não se reduz também a uma única definição, mas poderemos encontrar várias.

O médico, em sua perspectiva, define a sexualidade em termos de funcionamento do corpo humano. O psicólogo, o moralista, o sociólogo e os demais profissionais fazem o mesmo, cada um a partir de seu campo de estudo[1].

Percebemos que na mesma perspectiva que encontramos em diversas áreas conotações diferentes do mesmo termo, encontramos também em diversas culturas a vivência diferenciada da sexualidade, com valores distintos devido à pluralidade cultural e crenças. Assim para termos um direcionamento neste estudo optamos em adotar uma definição a partir do contexto da psicologia humanista e, mais particularmente, a partir do enfoque centrado na pessoa.

Sexualidade é uma energia, uma força positiva capaz de gerar vida, plenitude e realização. A sexualidade auxilia o desenvolvimento da pessoa, uma vez que possui uma grande variedade de elementos. Tem um dinamismo direcionado para uma conduta positiva que dá vida, embora passe, como todo processo, por diferentes etapas, nas quais há clareza e obscuridade, avanços e retrocessos[2].

Por isso a sexualidade não pode ser vista isoladamente, mas na pessoa em seu todo, uma vez que tem a ver com o sexo, a procriação, a afetividade, o amor a espiritualidade, o prazer e outras dimensões importantes da vida. Percebemos que a sexualidade é de extrema importância para a vida do ser humano, e que tudo na pessoa é sexual, mas estamos cientes de que a sexualidade não é tudo, mas é muito profícua ao desenvolvimento humano na relação interna e também na alteridade. Ela tem a ver com a maneira de falar, de pensar, de expressar-se, de caminhar, de sentar-se, de sentir, e como supracitado, está presente o tempo todo na vida das pessoas, especialmente na alteridade.

A sexualidade afeta todos os aspectos da pessoa humana, em sua unidade de corpo e alma. Diz respeito particularmente à afetividade, à capacidade de amar e de procriar e, de uma maneira mais geral, à aptidão a criar vínculos de comunhão com os outros[3].
Esta parte se detém em apenas ampliar um pouco o nosso conceito sobre este assunto. Não podemos limitá-lo a uma unica esfera da vida do homem, mas espraiá-lo em todo o seu viver. nas próximas publicações adentraremos outros aspectos da sexualidade que nos ajudarão a compreender melhor toda a dinâmica de nossa vida tão pouco conhecida.

[1] CASTELLANOS, Luis Valdez. O dom da sexualidade, p.12.
[2] Ibidem, p.12.
[3] Catecismo da Igreja Católica, 2332, p.605.

2 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, meu amigo Tiago
Insistir neste tema é fantástico, a gente vê tanta gente "mal resolvida"...Tanto no meio leigo como no religioso...
A sexualidade nos integra, insisto em dizer, por experiência própria.
Uma vez que nos trabalhamos neste ponto que afeta todos os níveis do nosso ser, somos premiados com a nossa afetividade integrada e isto nos "libera geral" para o verdadeiro amor: o ágape, tão difícil de se encontrar no meio de nós e dentro de nós...

Encontrei algo que muito me serviu e partilho com vc e teu blog:
Normose x neurose x psicose...
Tentemos sempre ficar na normose!!!
Deus continue nos afetando... nos liberando... nos integrando... nos sexualizando... na totalidade de nós, para que, uma vez integrados, possamos AMAR E SERVIR.
Abraço-o com carinho, meu querido amigo do coração
Roselia
espiritual-idade.spaces.live.com

geilson disse...

olá Tiago.
gostei muito de seu Artigo.
temos que ver a sexualidade de maneira ampla e assim percebermos sua iportancia.

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!