Tg-Doxa - Professor Tiago Lacerda
Filosofia, Sociologia e Direito





Para confirmar, clique em cadastrar e confira em sua caixa de e-mails.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Decida-se a pensar!



A cada manhã, ao despertar, durante o dia, ao prepararmos para um compromisso, ou seja, em todos os momentos de nossa vida, sempre somos assaltados por alguma indecisão que por muitas vezes nos impede de progredir. Percebo que são muitas as opções que temos, mas não são todas que levam a um fim desejável, profícuo à nossa saude psicológica e até mesmo física. O interesante é que pressionados a tomar alguma decisão, ninguém vê a opção de não tomar alguma. Às vezes é importante não ir, mas pensar melhor, discernir cada passo, cada decisão. Precipitar-se pode ser um caminho que leve à mingua e até mesmo a morte. O melhor é pensar, lançar mão de nossa razão e perceber todos os caminhos que estão em nossa volta, alguns deles são sem retornos, outros não comportam arrependimentos e recomeçar nem sempre é fácil. Pensar é contar também com o outro, é averiguar que o que se quer deve passar pelo crivo do contestar, do ouvir opiniões diferentes; que nos ajudam a retirar de nosso discernimento as emoções, as doxas que não nos mostram um caminho seguro, mas um caminho oscilante. Decida-se a pensar! Decida-se a escolher o melhor caminho e discerni-lo com critérios para não ser pego por qualquer engano. E um conselho de um grande santo, Inácio de Loyola é, "todo discernimento deve ser precedido de um profundo silêncio". No silêncio encontramos muitas saídas, muitos caminhos que diante dos ruídos, cotidianos, não podemos compreender.

5 comentários:

Jaderson Pissinati disse...

A célebre frase de René Descartes: "Penso, logo existo", ilustra bem este belo texto que nos instiga à decisão pelo pensamento. William Shakespeare nos lembra através da tragédia de Hamlet que nossa vida é pautada pelas muitas indecisões que nos assolam: "To be or not to be, that's the question". Estamos sempre às voltas com algum questionamento e muitas vezes ficamos com a menor das indecisões, pois certeza mesmo nunca temos. Nas lições do filósofo, do dramaturgo e do escriba deste saboroso blog, ficam a certeza de que somos indecisos seres pensantes. Certo é que muitos não pensam, por preguiça ou ignorância, preferindo viver na penumbra da indecisão a decidir mesmo que seja pelo erro. Clamo todos a uma decisão: exista!

Tiago Eurico de Lacerda disse...

Caro Jaderson, quero te agradecer pela insigne observação e refencias assaz inteligentes e remetedoras à um ser pensante, creio que o caminho para a existência e salvação com certeza está pautado pela razão e não pode admitir a preguiça como mencionaste. "to be or not to be" temos de decidir e, bom seria se todos optassem pelo ser que transcende a penumbra da indecisão. Caro amigo, obrigado por suas colocações, sempre perspicazes.

rodrigo disse...

"NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES,MAS TENDE BOM ÂNIMO; EU VENCI O MUNDO."
JESUS CRISTO ( JOÃO 1633)
Somente quando entendemos que Deus ordenou nosso sofrimento, podemos começar a entender o sentido dele.Quando as tragédias vierem, quando as adversidades atacarem, não seremos abalados.
Tudo o que eu sei é que Deus está nesses contecimentos e o está trabalhando para o bem. Decido-me pensar em Deus,esse é o melhor caminho seguro.

Em Jesus

Mara Rúbia!

Tiago Eurico de Lacerda disse...

Minha amiga Mara, que alegria!
Realmente, pensar, não é fácil, tampouco em Deus. Todos dizem que pensam em Deus,mas muito pouco do nosso mundo muda, creio que estão querendo somente pensar em Deus nos apuros e etc., como você disse, devemos pensar em Deus sempre que é o melhor caminho, somente assim teremos o coração simples o bastante para aceitar de bom grado o que se suceder em nossa vida e compreender que Deus sempre quer o nosso bem, jamais o nosso mal. Mas Ele vê além do que podemos e sabe o que é melhor pra nós. o que acontece às vezes quando não recebemos o que desejamos ou há demora nos planos dEle. Apenas peço um coisa, pense, se em Deus melhor, assim o caminho fica sempre iluminado e o discernimento flui mais failmente.
Forte abraço!

orvalho do ceu disse...

Oio, querido Tiago
"NÃO É O MUITO SaBER QUE SACIA E SATISFAZ A ALMA MAS SIM O SENTIR E SABOREAR INTERNAMENTE AS COISAS DE DEUS".
Lembra-se?
Sei que procura sempre viver isto, por esta RAZÃO, tem tantos "conflitos"...
Felicidades, amigo!
Roselia
http://espiritual-idade.spaces.live.com

Related Posts with Thumbnails

Postagens mais visitadas na última semana!